Adubação e irrigação aumentam produtividade da cana no Cerrado

cana de açucar

Resultados foram observados em usinas de Goiás e Minas Gerais

Deivid Souza/ Foto: Breno Lobato/Embrapa Cerrados

Estudos de práticas de melhoria da produtividade da cana-de-açúcar, realizados pela Embrapa Cerrados (DF), demonstraram ganhos entre 10 e 20 toneladas por hectare (t/ha) nos rendimentos de colmos por corte. O incremento é atribuído à adubação fosfatada anual de manutenção soqueira.

CC
Melhor produtividade reduz impactos ambientais.Foto: Embrapa Cerrados/Fabiano Bastos

 

O trabalho foi realizado nas usinas Goiasa (Goiatuba, GO), Anicuns (Anicuns, GO) e Destilaria Veredas (João Pinheiro, MG) em áreas sob pastagem e áreas de primeira reforma, cujos solos têm baixa disponibilidade de fósforo. Outras pesquisas demonstraram ainda outras vantagens para a cultura como redução da perda de água do solo por meio de evaporação em determinadas fases de crescimento da planta.

Água

Também foram realizados outros experimentos de irrigação. Com a irrigação, a cana-planta atinge produtividade de colmos de até 255 t/ha e a primeira soca até 220 t/ha para as melhores variedades. Os índices são muito superiores à média da região Centro-Sul do País, onde normalmente tem-se menos que 80 t/ha. Em produtividade de açúcar, o sistema irrigado tem atingido 38 t/ha na cana planta e 31 t/ha na cana soca, enquanto a Região Centro-Sul produz em média 12 t/ha.