Escolas do Rio terão energia solar

placa solar

Parceria entre governo e empresa privada resultaram em ação

Seis escolas municipais do Rio de Janeiro entraram de vez na era da sustentabilidade com a instalação de equipamentos de energia renovável à base de geração solar. Trata-se do projeto “Escolas Sustentáveis”, uma parceria da Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio das Secretarias de Meio Ambiente e de Educação, com o ICLEI Brasil, associação mundial de governos locais e subnacionais dedicados ao desenvolvimento sustentável.

Localizadas nos bairros de Ilha do Governador, Campo Grande, Rio das Pedras, Parque Anchieta, Irajá e Rocinha, as escolas terão placas fotovoltaicas instaladas nos telhados, para apoiar a iluminação do prédio, além de, no caso de duas das escolas, postes de luz equipados com placas solares e geradores eólicos, localizados na área externa da escola. Os equipamentos acabam de ser instalados pela Sunlution.

A cada instalação, empresa realiza uma pequena aula sobre energia solar para os alunos, que podem examinar os equipamentos e entender seu funcionamento, além de se informar sobre a importância do uso de energias renováveis.

“A proposta é de mostrar o funcionamento dos sistemas e também ampliar os conhecimentos sobre energia solar e sustentabilidade, bem como a importância das energias renováveis para o planeta”, afirma Jessie Audette Muniz, diretora comercial da empresa.

Da redação